Você está em: Página Inicial > O Clube
Presidentes
Presidentes

GALERIA DE EX-PRESIDENTES - YARA COUNTRY CLUBE

Esta galeria homenageia homens que dedicaram parte de suas vidas para a concretização de um sonho coletivo. Apesar das atribulações da vida, alguns homens de valor conseguiram, em detrimento de seu lazer e vida em família, dispender esforços para a construção de um clube social que se tornou referência estadual.
A geração deste sonho ocorreu em meados de 1953, entre os sócios do Clube do Comércio.
Depois, em 15 de Março de 1962, nas dependências deste mesmo Clube do Comércio e durante a realização de uma Reunião Festiva do Lions Clube de Toledo e a partir da necessidade da formação de um Clube Campestre, nasceu o Yara Country Clube.
O nome YARA COUNTRY CLUBE foi sugerido pelo sócio LUIZ CARLOS LIMA, exatamente porque na área do clube há inúmeras nascentes de água. Temos, felizmente, fartura deste tão precioso bem. Logo o nome foi remetido à YARA MÃE DÁGUA, do folclore indígena brasileiro.
Em 1998, a partir da Fusão do Clube do Comércio e do Yara Country Clube, nasceu o Country Clube Toledo, com sede nas instalações do segundo.
Passados quase dois anos, mais precisamente em 1999, após assembleia e por vontade da maioria dos sócios, resolveu-se pela volta da denominação YARA COUNTRY CLUBE.
Em 2006, após diversas reuniões entre Sócios e Diretores do Yara Country Clube com Membros do CCRC (Campestre Clube Recreativo e Cultural – Antigo Clube Coopagro) houve a fusão destes dois clubes formando uma das maiores estruturas físicas do Estado do Paraná, a partir dos investimentos feitos com a venda do segundo clube.
Hoje o Yara Country Clube está consolidado, com o Status de Grande Clube Social com características campestres, proporcionando aos seus associados e frequentadores momentos de ESPORTE, LAZER E NATUREZA.

FONTES:

- Museu histórico de Toledo – Livros de Ondy Hélio Niederauer, Oscar Silva, Vitor Beal, Lamartine Braga Côrtes.
- Colaboração dos escritores Bruno Marcos Radunz e Vítor Beal e dos sócios Gleuber Marcos Maschio e João Batista Campos (Tita Campos),além de Eliseu Langner de Lima.
- Acervos dos Clubes

 

1962 a 1964: Hilario Koppe Zimi
1965 a 1966: Eduardo Becker
1967 a 1968 : Agenor Galassini
1969 a 1970: Waldemar Rossoni
1971 a 1972: Rui Zeni
1973 a 1974: Ary Moschetta
1975 a 1976: Marcos Venicio Alves Meyer
1977 a 1978: Ivanir Locatelli
1979 a 1980: Elizier Antonio Dalla Costa
1981 a 1982:  Antonio Ballottin
1983 a 1986:  Ivo Tomazzoni
1987 a 1988:  Ademir Pedro Genari
1989 a 1990:  Luiz Carlos Giaretta
1991 a 1992:  Adão José Giordani
1993 a 1994:  Eduardo Della Costa
1995 a 1996:  Honorino Cappellesso
1997 a 1998:  Ivo Grizza
1999 a 2000: Pedro Soares Martins
2000 a 2001:  Mario Genari
2001 a 2002:  Calixipo de Paula Filho
2002 a 2003:  Luis Eduardo Chrispim Guaraná
2005 a 2007:  Eliseu Langner de Lima
2007 a 2009:  Vilmar Eugênio Mânica
2009 a 2011:  Adilson Antonio Teixeira
2011 a 2014: Ivo Grizza
2014 a 2018: Julio Cleber Nichele

Tecnologia e desenvolvimento